Você sabia que as melhores universidades do mundo tem origem cristã?

Fundadas por cristãos há anos atrás, as universidades mais renomadas do mundo foram criadas para serem instituições de ensino religioso.

Os anos passaram e o conceito de que a fé religiosa seria um empecilho ao desenvolvimento da ciência ficou para trás. Um ranking com as 12 melhores Universidades do mundo foi criado com base no número de ganhadores do Prêmio Nobel vinculados a cada uma. Nove das instituições são americanas e três são britânicas. As duas primeiras colocadas no ranking, Harvard e MIT, estão no estado americano de Massachusetts, que foi colonizado por cristãos puritanos.

Harvard foi criada em 1636 pelo governo de Massachusetts para que fossem formados pastores puritanos. É a universidade mais antiga dos Estados Unidos.

Já o Instituto de Tecnologia de Massachusetts, o MIT, foi fundado em 1861 pelo cristão unitariano William Baron Rogers para o ensino tecnológico.

A terceira e a quinta colocadas no ranking, Oxford e Cambridge são as mais antigas universidades do mundo. Criadas com instituições vinculadas à Igreja Católica.

Oxford começou suas atividades no século XI dentro da igreja britânica de St. Mary. Durante os primeiros anos de existência, várias ordens religiosas católicas mantiveram casas estudantis na universidade. Hoje Oxford está vinculada a Igreja Anglicana.

Cambridge foi fundada em 1209 por estudantes católicos que discordavam das diretrizes de Oxford.

A última colocada do ranking, o Imperial College surgiu de um seminário católico criado em 1447, e no século XIX se tornou uma escola de agricultura que integra a Universidade de Londres. Também no séc.XIX foram criadas a Caltech, Stanford e Berkeley, que ficam no estado da Califórnia.

O Instituto de Tecnologia da Califórnia, o Caltech, foi fundado em Pesadena em 1891 por um cristão universalista e também tinha a intenção de proporcionar o ensino teológico. Stanford foi criada em 1885 por um casal de protestantes, e ainda hoje possui um programa de estudos religiosos.

A Universidade da Califórnia, que fica em Berkeley, surgiu como um colégio cristão criado por pastores congregacionalistas em 1853. Mais tarde, em 1855 se tornou uma instituição de ensino superior.

Princeton foi fundada em 1746 por sete presbiterianos a partir de um seminário teológico criado em 1726, o Log College. Já a Universidade de Chicago surgiu em 1856 como uma instituição de ensino batista mas acabou falindo. Em 1890 a Sociedade de Educação Batista Americana conseguiu reerguer a universidade.

A Universidade de Yale, fundada em Connecticut em 1701, também foi idealizada por pastores congregacionalistas. A instituição seria para a formação de pastores. A Universidade Columbia foi fundada em 1754 em Nova York, e houve muitas discussões sobre qual seria a filiação religiosa da instituição. Por fim, suas atividades começaram dentro da Igreja Trindade que é Anglicana, mas têm liberdade para outras denominações cristãs.

O ranking

Como havia falado sobre o ranking, aqui vai ele!

 

  1. Harvard (EUA)
  2. MIT(EUA)
  3. Cambridge (Reino Unido)
  4. Caltech (EUA)
  5. Oxford (Reino Unido)
  6. Standford (EUA)
  7. Princeton (EUA)
  8. Chicago (EUA)
  9. Yale (EUA)
  10. Columbia (EUA)
  11. Berkeley (EUA)
  12. Imperial College (Reino Unido)

 

E no Brasil, existem essas universidades?

A resposta é sim! Muitas faculdades foram criadas pela Igreja Católica com a intenção de evitar que fossem propagados ensinos “profanos”. Hoje o ensino religioso dentro delas nem sempre acontece.

A Missão Salesiana, que atua no Centro-Oeste e algumas cidades do interior do estado de São Paulo, é uma das instituições mais antigas. Com 200 anos de história, ela surgiu como um projeto do missionário Dom Bosco para levar evangelização e educação à América Latina.

Sê o primeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *