Cursos técnicos se diferem dos superiores, tecnólogos e profissionalizantes; entenda

Com o objetivo de capacitar o estudante para se inserir de forma eficaz em um setor produtivo de seu interesse, o curso técnico é uma alternativa cada vez mais buscada por quem quer um conhecimento focado, rápido e prático. Porém, locais como o Senac, que existe em todo o Brasil, oferecem outras modalidades como um curso tecnólogo, por exemplo, ou mesmo as faculdades que trazem a opção do bacharelado. Mas quais as diferenças entre os cursos? A explicação é simples, embora pareça confusa.

A empregabilidade é a palavra chave do curso técnico, que quer fortalecer suas experiências do cotidiano empresarial oferecendo um acesso imediato ao mercado de trabalho. Já o curso superior, ou mesmo um bacharelado, se caracteriza por trazer o domínio de princípios científicos e tecnológicos próprios, com ênfase em determinado ramo de atividade humana. O curso superior tem maior tempo de duração e uma formação mais geral, não tão focada, podendo levar ainda o aluno a ir para o mercado ou se voltar para o mundo da pesquisa.

Há ainda muita confusão quando o assunto é curso técnico e curso profissionalizante. Porém, as diferenças são variadas. Para ingressar em um curso técnico, exige-se pré-requisitos que nos cursos profissionalizantes não existem. A conclusão de ensino médio, por exemplo, é um pré-requisito para que alguém possa matricular-se em  um curso técnico. A duração dos cursos profissionalizantes em relação aos técnicos também é diferente. Enquanto nos profissionalizantes a duração normalmente não passa dos 6 meses,  nos cursos técnicos a duração normalmente  é de  1 ano e meio ou 2 anos.

Outro fator importante que difere em ambas as formações é que a conclusão do curso técnico confere um diploma e/ou uma graduação acadêmica de nível técnico, já o profissionalizante não lhe dá esse título.

Em seguida, temos a questão do curso de tecnólogo. A principal diferença entre o curso técnico e o curso de tecnólogo é o nível de escolaridade que representam. Enquanto o curso técnico é de nível médio, o curso de tecnólogo é uma formação de nível superior. Ao escolher entre curso técnico e de tecnólogo, você deve levar em consideração o seu nível de escolaridade atual e seu interesse profissional.

Sê o primeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *